7 anos do Projeto Aikidô – Feliz Aniversário !!!

26/06/2015

.
O Blog I M P R E S S Õ E S – A I K I D Ô parabeniza o Projeto Aikidô – E.M São Francisco de Assis – pelo seu 7º ano de sucesso. Desejamos aos Voluntários e Alunos, que continuem a divulgar os ensinamentos de Morihei Ueshiba e a trilhar os caminhos da Arte da Paz.

Em comemoração à data, o Projeto Aikidô convida os aikidocas interessados a participarem de treino especial comemorativo pelo seu 7º aniversário – dia 28/06/15, às 15h na Escola Municipal São Francisco de Assis (Mapa).
.
História do Projeto Aikidô

O Projeto Aikidô é desenvolvido na Escola Municipal São Francisco de Assis, bairro de N.S. de Nazaré em Natal/RN desde 26/06/2008. Local de grande desigualdade social, presença de comércio informal e inúmeras vilas em condições semelhantes às favelas. A violência do bairro é uma constante na mídia Norteriograndense.

A necessidade de afastar as crianças de tais condições e terem na escola do bairro um refúgio seguro, foram as motivações para a implantação do Projeto Aikidô. O Projeto, além de aulas de Aikidô (arte marcial japonesa) que prega a harmonia, a cooperação, e a saúde corporal, também incentiva a escrita, a leitura e a nutrição. Com o patrocínio do Projeto Escola Brasil – Banco Santander – com a doação de Tatames e Kimonos e a ajuda de voluntários – Marcus Vinicius Andrade Brasil (Advogado) e Cristiane de Morais Alves (Nutricionista) – o Projeto saiu da teoria para a prática e já está em seu sétimo ano, atendendo a criançada do bairro com Aulas de Reforço (Inglês e Português), e Aikidô, todos os domingos a tarde, das 13h:30m às 17h:30m.

Após sete anos de existência do Projeto Aikidô da Escola Municipal São Francisco de Assis observou-se que uma pequena ação pode trazer um grande resultado: melhora nas relações entre os alunos; melhoria da saúde e asseio; das relações sociais; na frequência escolar e no afastamento da violência. Os voluntários aprendem dia a dia com as diversas exigências; a escola está mais participativa na vida do aluno e vice- versa e a relação entre sociedade/escola está reforçada.

A cada fim de semana o Projeto Aikidô caminha em frente, superando os obstáculos que se apresentam para melhorar a vida das crianças do bairro de N.S. de Nazaré e Bom Pastor.
.
Projeto Aikidô

Escola Municipal São Francisco de Assis – N.S de Nazaré – Natal/RN
Av. Miguel Castro, 126, Bairro Nossa Senhora de Nazaré, CEP 59062-000
Fones: (84) 3232-4867, (84) 3213-2133
Site: http://www.projetoaikido.wordpress.com
E-mail: mvabrasil@yahoo.com.br

Encontros todos os domingos das 13h:30m às 17h:30m

.
Colaboração:

http://www.impressione.wordpress.com
http://www.projetoaikido.wordpress.com

.


Projeto Aikidô – Nova Voluntária

09/04/2014

.

O Projeto Aikidô dá as boas vindas à nova voluntária, Cristiane de Morais Alves, e responsável pelas aulas de inglês. Informa que as aulas com a Profa. Cristiane se darão aos domingos, das 13h:30m às 14h:15m, antes dos treinos de aikidô do projeto.

.

Colaboração:

www.projetoaikido.wordpress.com

www.impressione.wordpress.com

..


Projeto Aikidô – Aviso: Novo Horário – 2014

17/03/2014

.

O Projeto Aikidô, informa que está realizando suas atividades todos os domingos na Escola Municipal São Francisco de Assis, bairro de N.S. de Nazaré em Natal/RN, das 14h às 17h. Os treinos de Aikidô serão ministrados das 15h às 16h:30m.

.

Todos estão convidados a conhecer o projeto e a participar dos treinos.

E veja as novas fotos no álbum: AQUI!!!

.

Colaboração:

www.projetoaikido.wordpress.com

www.impressione.wordpress.com

.


Projeto Aikidô – Desde Junho de 2008 – Feliz Aniversário

26/06/2013

.

O Blog I M P R E S S Õ E S – A I K I D Ô parabeniza o Projeto Aikidô – E.M São Francisco de Assis – pelo seu 5º ano de sucesso. Desejamos aos Voluntários e Alunos, que continuem a divulgar os ensinamentos de Morihei Ueshiba e a trilhar os caminhos da Arte da Paz.

Em comemoração à data, o Projeto Aikidô convida os aikidocas interessados a participarem de treino especial comemorativo pelo seu 5º aniversáriodia 14/07/13, às 15h – após o recesso escolar, na Escola Municipal São Francisco de Assis (Mapa).

.

História do Projeto Aikidô

O Projeto Aikidô é desenvolvido na Escola Municipal São Francisco de Assis, bairro de N.S. de Nazaré em Natal/RN desde 26/06/2008. Local de grande desigualdade social, presença de comércio informal e inúmeras vilas em condições semelhantes às favelas. A violência do bairro é uma constante na mídia Norteriograndense.

A necessidade de afastar as crianças de tais condições e terem na escola do bairro um refúgio seguro, foram as motivações para a implantação do Projeto Aikidô. O Projeto, além de aulas de Aikidô (arte marcial japonesa) que prega a harmonia, a cooperação, e a saúde corporal, também incentiva a escrita, a leitura e a nutrição. Com o patrocínio do Projeto Escola Brasil – Banco Santander com a doação de Tatames e Kimonos e a ajuda de voluntários – Marcus Vinicius Andrade Brasil (Advogado) , Ellen Karine Mouzinho de Pontes (Técnica em Controle Ambiental e Professora de Inglês) e Andrea Karina Melo Lins de Pontes (Técnica em Manutenção de Microcomputadores – Professora de Português e Matemática) – o Projeto saiu da teoria para a prática e já está em seu quarto ano, atendendo uma média de 25 crianças com Aulas de Reforço (Inglês, Português e Matemática), Recreação e Aikidô, todos os domingos a tarde, das 13h:30m às 17h:30m.

Os exercícios de Aikidô desenvolvem a disciplina, a saúde física e mental, coordenação motora, o alongamento corporal e a postura. A nutrição dos participantes foi revista por profissional assim como o acompanhamento pedagógico.

Após cinco anos de existência do Projeto Aikidô da Escola Municipal São Francisco de Assis observou-se que uma pequena ação pode trazer um grande resultado: melhora nas relações entre os alunos; melhoria da saúde e asseio; das relações sociais; na frequência escolar e no afastamento da violência. Os voluntários aprendem dia a dia com as diversas exigências; a escola está mais participativa na vida do aluno e vice- versa e a relação entre sociedade/escola está reforçada.

A cada fim de semana o Projeto Aikidô caminha em frente, superando os obstáculos que se apresentam para melhorar a vida das crianças do bairro de N.S. de Nazaré.

.

Projeto Aikidô

Escola Municipal São Francisco de Assis – N.S de Nazaré – Natal/RN

Av. Miguel Castro, 126, Bairro Nossa Senhora de Nazaré, CEP 59062-000

Fones: (84) 3232-4867, (84) 3213-2133 e (84) 9983-9443

Site: www.projetoaikido.wordpress.com

E-mail: mvabrasil@yahoo.com.br

Encontros todos os domingos das 13h:30m às 17h:30m

.

Colaboração:

www.impressione.wordpress.com

www.projetoaikido.wordpress.com

.


O Aikido que pode ser oferecido… – Por Rodrigo Calandra Martins

01/05/2013

            .

Aquele que ataca está em busca de amparo, em busca de suporte.

Quem ataca revela óbvia a desesperada necessidade em dividir a dor que carrega dentro de si – mas óbvia apenas aos olhos de um coração treinado.

A prática do Aikido pode ser então esse instrumento para ajudar a perceber essa dor que se esconde por trás de qualquer ataque, apesar da intensa maneira que ela possa ser manifestada – em agressão, violência física ou psicológica, coerção, prepotência.

O aceitar essa manifestação e a conexão com a dor que a origina, é o que vai possibilitar o alivio de tal sofrimento, e a dissolução de consequente conflito.

É claro que vai ser muito difícil para eu oferecer tal suporte, oferecer atenção a alguém com tamanha dor, se estou carregando eu mesmo tal fardo. O Aikido, então, pode começar exatamente nesse ponto –  o de aprender a escutar e aceitar a própria dor e conflito, que se fazem guardados em obscuros recantos da mente e do corpo, na maior parte das vezes por muito tempo, em um processo de resgatar a própria unidade. Mas, para tanto, eu preciso desenvolver a faculdade de percebê-la, encontrá-la, reconhecer essa dor.

Conceitos fundamentais em Aikido, como Zanshin e Shugyo podem nos apontar eficientes ferramentas nessa busca. 

Shugyo, um caso difícil de tradução para o português, é algo central no ensinamento de muitas artes marciais japonesas, e implica basicamente na prática de encontrar conforto no desconfortável. Treinar a mente e o corpo a não reagir, aceitando o desconforto, sem sucumbir à tendência natural de querer fugir ou afastá-lo. 

Isso vai me permitir acesso a áreas em minha mente que, no passado, foram abandonadas, provavelmente, devido a inabilidade de lidar com certas circunstâncias e sensações de maior intensidade. Nesse processo, a integralidade da mente vai sendo recuperada, devolvendo ao corpo-mente seu movimento sinergético e natural.

Zanshin é outra palavra japonesa difícil de traduzir, mas que também aponta aos fundamentos do Aikido e de outras artes marciais. 

Enquanto que em algumas situações pode ser usada para descrever somente a posição final de uma técnica, Zanshin pode nos remeter à ideia desse estado da mais delicada atenção e vulnerabilidade, vulnerabilidade essa que permite estar sensível, receptivo, e portanto, conectado com tudo a minha volta. Uma qualidade de atenção que me faz presente de forma permeável, numa espécie de fusão entre interior e exterior.

Comece por limpar sua própria casa“, nas palavras do fundador do Aikido, Morihei Ueshiba. Comece por você mesmo. A harmonia dentro de você vai florescer da qualidade do seu Zanshin – da sua capacidade de presença no próprio sentir, e da firmeza em seu Shugyou – sua tenacidade em aceitar a circunstância presente sem resistência.

Com a casa limpa, uma mente livre de conflitos, eu já não posso mais ser enganado. 

Com o meu coração como radar, eu passo a enxergar através das máscaras de quem ataca… além de todo julgamento, de todo orgulho, arrogância… além de qualquer prepotência, agressão, violência eu vejo, agora claramente, a imensurável dor e agonia, e o desesperado pedido de ajuda por trás de qualquer ataque.

E a partir do momento que o Aikido começa a acontecer dentro de mim que eu passo ser capaz de oferecê-lo, ofertá-lo.

.          

*Rodrigo Calandra Martins (Sensei Rodrigo) – Fundador da Academia Central de Aikidô de Natal/RN.

.

.Colaboração:

www.impressione.wordpress.com

www.aikidorn.com.br

.


O Projeto Aikidô Informa: 06/01/2013 – 1° Treino do Ano

04/01/2013

.

O Projeto Aikidô informa que as atividades do ano de 2013 terão início no domingo dia 06/01/2013. As atividades de reforço escolar se iniciarão às 13h:30m. O primeiro treino de Aikidô do ano será das 15h às 16h:30m.

Desde já, estão todos convidados.

.

Colaboração:

www.impressione.wordpress.com

www.projetoaikido.wordpress.com


Notícias do Projeto Aikidô – Fotos do Bonenkai, Agradecimentos e Recesso

17/12/2012

.

Os Voluntários do Projeto Aikidô da Escola Municipal São Francisco de Assis, informam que as fotos do bonenkai ocorrido em 16/12/2012 já estão no álbum, passa lá (Clique Aqui !!!).

Informa ainda que as atividades deste ano de 2012 se encerraram neste dia 16 passado e retornarão em 2013 com o reforço escolar e os treinos de Aikidô já em 06/01/2013. Desde já, estão todos convidados.

Por fim agradece à direção da Escola Municipal São Francisco de Assis (Natividade Moura e Roselane Praxedes) e a todos seus funcionários; ao Banco Santander e a todos aqueles, aikidocas ou não, que colaboraram com suas energias para que o Projeto Aikidô desse certo por mais um ano.

E que venha 2013 !!!

Domo Arigatô Gozaimashita.

.

Vinicius Brasil, Ellen Pontes e Andrea Pontes

.

Colaboração:

www.impressione.wordpress.com

www.projetoaikido.wordpress.com

.


O Aikido e o Mar – Por Fernando Avelino*

01/12/2012

.

Fui à praia pela manhã dar uma caminhada, alongar, e tomar um banho para tirar as mazelas e relaxar. Quando eu menos espero me pego pensando em Aikido após levar vários caldos das ondas. Estava relaxado, só entrando no mar sem foco e levando porrada das ondas quando involuntariamente usei um movimento de furar a onda e ir para trás dela. Nada demais a princípio, até que junto com esta veio uma segunda e me derrubou.

Eu comecei a refletir sobre isso, e me lembrei do treino de ontem que o Sensei usou espada, e nós desviávamos do golpe saindo da frente da espada avançando para as costas do atacante. Vi que o movimento de furar a onda seria o mesmo princípio, você anteciparia a quebra desta, indo para trás dela para sair do caminho do fluxo e a onda acertar o vazio. Nisso eu me pego trocando e trocando de base, girando, indo, voltando e percebi que estava me harmonizando com o mar. O mar empurrava, ao invés de travar ou ir contra o fluxo deixava ele me empurrar quando ele perdia força eu avançava, quando a maré me puxava eu ia e quando ela subia para quebrar eu passava por ela. Se ela me fazia girar não resistia e apenas trocava a base e continuava de frente para ele. Vi que dessa forma eu permanecia praticamente no mesmo lugar e sem gastar energia, ao contrário de quando se quer brigar com o mar e quando se vê a maré levou vários metros e você se cansou em vão. Achei essa “viagem” muito interessante e comecei a pensar como se eu fosse um Uke recebendo as técnicas.

Eu por estar iniciando ainda me pego me movimentando pouco por estar querendo olhar a técnica enquanto ela é aplicada em mim ao invés de estar sentindo o movimento e ver pra onde está indo o fluxo. Lembrei do Sensei em seus treinamentos sensoriais nos treinos de Aikido Funcional e então continuei me harmonizando com o mar só que dessa vez com os olhos fechados explorando audição, tato e noção de localização. Gira, avança, volta, vai, gira de novo… Depois de um tempo resolvi abrir os olhos e notei que o meu deslocamento do ponto inicial para onde eu parei quando abri os olhos foi equivalente ao que eu tinha tido com os olhos abertos. Saí um pouco da água, fiquei olhando o mar e pensando: “Cara, to ficando doido, Aikido e mar? Nada haver.” E então lembrei do último texto da nossa querida CrisB analisando a gentileza do Aikido em um jantar de Yakissoba e vi que os princípios são aplicados em todos os momentos de nosso dia a dia, só precisamos nos abrir para perceber. E essa percepção é que enriquece nossa arte, mas para que ela enriqueça precisa ser dividida para que sejam somadas novas percepções.

Se alguém testar, por favor, divida com todos as suas impressões. Obrigado a todos e grande abraço.

.

*Fernando Antonio Avelino – É faixa-branca (6º Kyu) da Academia Central de Aikidô de Natal.

.

Colaboração:

www.impressione.wordpress.com

.


Henka Waza de um Yakissoba – Por Cristiana Barbosa (CrisB)*

31/10/2012

*

Os contos Zen são pequenas histórias, algumas vezes até de caráter cômico, mas que sempre trazem consigo uma importante lição de vida[1]”. E este aconteceu comigo…

Era a primeira vez que estava participando de um Seminário fora do Estado. Estava atenta e aberta ao aprendizado e sentindo uma imensa responsabilidade em demonstrar toda técnica e comportamento que se espera de uma Shodan.

Ao final do treino estava exausta, mas feliz com a certeza de não ter feito “feio”. Chegou a noite e, como de costume, o jantar com o Shihan convidado, o Sensei anfitrião, o meu Sensei e vários dos participantes.

Diante da mesa enorme reservada em um restaurante chinês, sentamos… Cardápios devidamente distribuídos e com eles o grande e irritante dilema: O que pedir já que sou ovo-lacto-vegetariana? Para minha sorte havia como opção um yakissoba vegetariano. Foi então que o Sensei anfitrião perguntou se eu poderia dividir o pedido com o Shihan.

– Hai Sensei!

Imagine o inflar do meu ego? O Shihan seria também vegetariano? Eu não era mais o único ET ali, o Shihan estava comigo, uma honra!

Pedido feito, chegou o garçom com a travessa fumegante. Aproximando-se do Shihan para servi-lo, este, então, apontou para que eu fosse servida primeiro. Foi então que, para uma tímida, o pior aconteceu: todos os olhares voltaram-se para mim – não só por se tratar de uma indicação do Shihan como por ser o primeiro prato a chegar numa mesa de famintos. Essa era a hora de mostrar a etiqueta!  Agradecida, voltei-me para o Shihan e disse-lhe:

– Primeiro o senhor!

O garçom retornou ao Shihan que sorriu para mim e pediu para que eu fosse a primeira a ser servida. Não me recordo quantas vezes fizermos esse “ping-pong”. Decidida, voltei-me com energia para o pobre garçom:

– Sirva-o primeiro, pois ele é o Sensei!

Pelo recuo do rapaz tenho certeza que utilizei meu olhar e minha voz de comando devidamente aprendidos em 10 anos de pratica em outra arte marcial. De pronto ele largou a travessa ao lado do Shihan e saiu rapidamente. O Shihan fitou-me mais uma vez, sorriu e agradeceu com um sinal positivo com a cabeça.

Vencia então o “combate”. Orgulhosa e convicta de que tinha acertado a origem do movimento: o garçom. Consegui assim colocar em prática a etiqueta para com o Shihan demonstrando toda a minha disponibilidade em servi-lo perante todos os aikidokas, Senpais e Senseis presentes.

Pacientemente esperei o Shihan, que se servia calmamente… acho que não estava com muita fome… Olhei para ele quando acreditei que tinha terminado. O mesmo olhou para mim, sorriu novamente e, ao invés de passar a travessa, passou-me o prato servido por ele.

Não teve “ukemi” que disfarçasse tamanha vergonha… TODOS gargalharam com a cena e até hoje estou digerindo este yakissoba…

– Quantas vezes impomos uma técnica ao uke? Estamos realmente nos harmonizando com ele ou impondo nossa “gentileza”?

– Quantas vezes buscamos a mão ou braço do uke convictos que estamos indo à origem do movimento?

– Faço a técnica por senti-la ou para demonstrá-la?

– O que é a real gentileza, harmonia, amor? O que é o AI?

Enfim, essas são algumas das perguntas que venho “digerindo” desde o acontecido e divido-as com vocês. Talvez nunca encontre as respostas. Não importa. O que importa é que a busca por elas tem me acompanhado e modificado a cada dia a minha movimentação e as minhas atitudes.

Este ano irei novamente acompanhar Sensei James Araújo ao mesmo Seminário em João Pessoa/PB organizado pelo Sensei Rogério Paodjuenas, ministrado pelo mesmo Shihan Edgardo Novelino… Qual será o prato do dia?

*

Domo Arigato Gozaimashita!

*

Referências:

[1] http://www.osamurai.xpg.com.br/contos.htm

*

*Cristiana Barbosa (CrisB) – Designer Gráfico – Nidan da Academia Central de Aikidô de Natal

*


Projeto Aikidô – 4 Anos – Agradecimentos e Fotos

09/07/2012

X

O Projeto Aikidô agradece à direção da Escola Municipal São Francisco de Assis, Diretora Natividade Moura e a Vice-diretora Roselane Praxedes, bem como aos demais funcionários, o apoio incondicional dado ao projeto e a seus voluntários no decorrer destes 4 anos.

Informa ainda que após este período, o Projeto Aikidô toma novo fôlego e reforça seu intento de acompanhar as crianças da escola, e dos bairros de Nazaré e Bom Pastor, no auxílio pedagógico (Português, Matemática e Inglês) e nas aulas de Aikidô.

X

AQUI as fotos da comemoração dos 4 anos do Projeto Aikidô !!!

X

Colaboração:

www.impressione.wordpress.com

X


Sou faixa-preta. Quero dar aula. E agora? Seja um Voluntário – Por Marcus Vinicius Andrade Brasil

11/05/2012

x

O desejo de inúmeros praticantes de artes marciais (Aikidô, Judô, Karatê, Jiu-Jitsu, Kung-Fu, Tae Kwon Do, Tai Chi Chuan, Muay Thai, Boxe, Capoeira, dentre outras), após chegarem à faixa-preta, é difundir, divulgar e até ensinar a sua arte a outras pessoas.

Palestras, treinamentos corporativos ou turmas em academias são os meios mais comuns que os novos mestres se utilizam para saciar a sede passar seus conhecimentos e de formar novos discípulos para sua arte.

Ocorre que nem sempre há espaço para toda esta demanda. Não é toda empresa que acredita do retorno financeiro proporcionado por um palestrante formado em artes marciais; da mesma forma não é toda equipe que tem interesse em ter como seu Guru um Sensei; e neste mesmo sentido, não há espaço para todos os novos graduados nas academias de ginástica e/ou musculação existente no bairro, na cidade ou na região. Para aquele que tem um poder aquisitivo considerável, ou pretende ser um empreendedor, há a possibilidade de abrir seu próprio Dojô e tentar ser feliz em seu propósito.

Mas a triste realidade é que a grande maioria dos novos faixas-pretas cai no poço da frustração. Após anos e anos de treinamento árduo para se aperfeiçoar em uma determinada arte, chegam ao fim (ou ao começo) quando recebe sua faixa-preta, e vê que seu sonho não será realizado por inúmeros motivos.

Mas nem tudo está perdido!!!

Esta é para você que está cheio de boas intenções. Com a técnica e a filosofia de sua arte marcial no auge, não perca as esperanças. Faça sua parte. Quer ser um Sensei, Sifu, Mestre ou o que for? Vá à luta. Faça a diferença.

Escolha nos links abaixo uma escola, municipal ou estadual (Natal e RN), e realize seu sonho de dar aula e, de brinde, o sonho de inúmeros jovens que não podem pagar, como você, uma academia de arte marcial.

x

Escolas Municipais em Natal/RN: Clique Aqui!!!

Escolas, Creches, Centros Educacionais Estaduais no Rio Grande do Norte: Clique Aqui!!!

x

Escolha uma escola. Faça uma visita. Converse com a direção, você será bem recebido. Exponha seus propósitos e faça a diferença na vida de algumas pessoas, e na sua também.

Se você não é do RN procure em seu Estado nos sites das secretarias de educação municipal e estadual e mãos à obra.

x

Aqui algumas experiências que estão dando bons frutos: 

Aikidô Harmonia – São Paulo/SP

Projeto Aikidô – E.M. São Francisco de Assis – Natal/RN

Aikidojo Social – Recife/PE

Projeto Social Aikidô Infantil – Morro Santana/RS

X

FAÇA A SUA PARTE !!!

X

*Marcus Vinicius Andrade Brasil é Advogado e Aikidoca no Estado do Rio Grande do Norte. É responsável pelas aulas de Aikidô do Projeto Aikidô da Escola Municipal São Francisco de Assis em Natal/RN.

x

Colaboração:

www.impressione.wordpress.com

x


Alunos do Projeto Aikidô Treinam na Academia Central de Aikidô de Natal

19/12/2011

Alunos do Projeto Aikidô da Escola Municipal São Francisco de Assis, em Natal/RN, compareceram na tarde do sábado 17/12/2011 a mais um treino e exame de faixa da Academia Central de Aikidô de Natal.

Os escolhidos, dentre vários participantes, foram os novos graduados (aqueles que se destacaram no aprendizado da arte do aikidô) e os que tiveram notória melhora no desempenho escolar.

x

Vejam as novas fotos AQUI !!!

x

Colaboração: www.impressione.worpress.com

x

 


Cursos de Shiatsu em Maca e Zen Shiatsu na Academia Central de Aikidô de Natal

31/07/2011

Cursos de Shiatsu ministrados por Sérgio Pellissari (Currículo)

x

SHIATSU EM MACA

Direcionado aos que querem se iniciar ou se aperfeiçoar como terapeutas. Abordagem mais profunda sobre o funcionamento energético e fisiológico do corpo humano. Orienta o novo profissional nas questões éticas do tratamento e nas questões sobre o ambiente de trabalho.

Turma com até 10 alunos

Investimento: R$ 90,00 (Alunos da ACAN R$ 80,00)

Dias: 20 e 21/08/2011 – 27 e 28/08/2011 (sábados e domingos)

Horário: 8:30h às 11:30h

Local: Academia Central de Aikidô de Natal

 x

ZEN SHIATSU

Prático. Realizado em tatami ou esteira. Pode ser aplicado em qualquer ambiente. Não necessita de materiais especiais.

Turma com até 10 alunos

Investimento: R$ 60,00 (Alunos da ACAN R$ 50,00)

Dias: 20 e 21/08/2011 – 27 e 28/08/2011 (sábados e domingos)

Horário: 15:30h às 18:30h

Local: Academia Central de Aikidô de Natal

INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES

Veja o Cartaz: Cursos de Shiatsu

Site: www.wix.com/proterapia/web  – Pro Terapia

E-mail: proterapia@gmail.com

Local: Academia Central de Aikidô de Natal – Rua Prof. João Ferreira de Melo, 2978, Capim Macio, Natal/RN –  www.aikidorn.com.br

 x

Colaboração: www.impressione.wordpress.com


Projeto Aikidô e o Prêmio Sustentabilidade e Inovação do Banco Santander e Projeto Escola Brasil

31/05/2011

O Projeto Aikidô da Escola Municipal São Francisco de Assis, em Natal/RN, recebeu na tarde deste domingo, 29/05/2011, os representantes do Banco Santander – Filial Natal – para a comemoração de uma grande vitória.

A visita teve como objetivos comunicar, festejar e premiar os participantes do Projeto Aikidô, seus voluntários e a direção da Escola Municipal São Francisco de Assis, pois o investimento feito ao Projeto Aikidô, proporcionou ao grupo de funcionários da Filial Natal do Santander, o Prêmio de Sustentabilidade e Inovação 2010 – Categoria: “Destaque em Voluntariado Corporativo”.

Na comemoração foi apresentado o troféu; o discurso dos representantes do Santander – Filial Natal – e os agradecimentos da direção da Escola Municipal São Francisco de Assis.

Quanto aos benefícios materiais que este prêmio proporcionou ao Projeto Aikidô, foram entregues aos alunos novos kimonos, novas faixas, e novos tatamis. Os voluntários Guilherme Lemos e Vinicius Brasil também foram presenteados com novos kimonos e com placas em homenagem ao trabalho voluntário executado em prol do Projeto Aikidô.

.

Veja as Fotos da Comemoração AQUI!!!

.

Sobre o Prêmio Sustentabilidade e Inovação:

O “Prêmio Sustentabilidade e Inovação” pretendia identificar, divulgar, reconhecer e premiar as iniciativas e projetos ligados ao tema, estimulando cada vez mais o  protagonismo dos colaboradores do Banco Santander em ações de sustentabilidade e inovação no território nacional.

Em 2010 foi criada nova categoria a de “Voluntariado Corporativo”. O que possibilitaria aos voluntários do PEB (Projeto Escola Brasil – Patrocinador do Projeto Aikidô da EMSFA) de inscreverem ações realizadas em parceria com as escolas para concorrer ao prêmio.

x

Colaboração:

www.projetoescolabrasil.org.br

www.impressione.wordpress.com

x


Projeto regulamenta prática e ensino de lutas e artes marciais – Por Rodrigo Bittar

17/04/2011

O instrutor deverá ter título similar a faixa preta, reconhecido por organização estadual ou federal. A proposta dispensa certificação de nível técnico ou universitário.

A Câmara analisa o Projeto de Lei 7890/10, do deputado Roberto Santiago (PV-SP), que cria regras para o ensino e a prática de lutas e artes marciais.

A proposta considera artes marciais, entre outras, aikidô, capoeira, iaidô, hapkidô, judô, jiu-jitsu, karatê, kendô, kenjutsu, kyudô, kung-fu, muay thay, sumô, taekwondô e tai chi chuan. Já as lutas são boxe, luta livre, luta greco-romana, kick boxing, full contact e similares.

Para se profissionalizar nas práticas, o atleta deverá obter a condição mínima de faixa preta ou título similar concedido por organização estadual ou federal que represente, oficialmente, a respectiva arte marcial ou luta.

Pela proposta, essa organização estadual ou federal fica desobrigada a se filiar a entidade oficial do país de origem da atividade, e o profissional é dispensado de obter qualquer curso de nível técnico ou universitário.

Só profissionais poderão ser considerados instrutores de artes marciais e de lutas. Eles terão entre suas competências:

– oferecer aulas teóricas e práticas da modalidade na qual for graduado, zelando pela correta informação, não apenas dos aspectos técnicos e mecânicos dos movimentos marciais, mas também dos fundamentos filosóficos e dos fatos históricos que deram origem à arte ou à luta;

– organizar, coordenar, dirigir e executar treinamentos, aulas demonstrações e seminários; e

– planejar, regulamentar e executar competições.

A prática e o ensino das artes marciais e de lutas deverão ficar restritas ao interior das academias, associações, clubes ou entidades públicas ou particulares criados ou destinados para tal fim, dotados de instalação e material apropriados. Essa exigência não é feita para a realização de demonstrações, seminários e simpósios ou competições em locais públicos autorizados pelas autoridades competentes.

Requisitos de funcionamento:

O projeto estabelece as seguintes exigências para o funcionamento dos estabelecimentos de prática e ensino de artes marciais e lutas:

– o ensino deve estar a cargo de profissional habilitado;

– o responsável técnico deve ter certificado de nível médio de ensino e de noções básicas sobre anatomia humana e primeiros socorros;

– as respectivas federações ou confederações deverão ser informadas sobre as promoções nos exames de graduação, para efeito de controle e de fiscalização;

– deverão privilegiar a formação humanista, o caráter e o espírito de cidadania, de sociabilidade e de solidariedade dos praticantes;

– deverão considerar o cuidado com a preservação da integridade e saúde física e o equilíbrio psíquico dos praticantes.

Pela proposta, o aluno interessado em se matricular em academias, associações, clubes ou demais entidades de ensino e prática de artes marciais e de lutas deverá apresentar atestado médico de capacitação física.

Por fim, o projeto estabelece que os profissionais de artes marciais ou de lutas, sejam ou não os responsáveis técnicos pela academia, assim como os instrutores e auxiliares de ensino, são solidariamente responsáveis por quaisquer danos (material ou moral) que venham a causar aos alunos e à sociedade como um todo.

Estudos comprovam os benefícios para a saúde física e mental com a prática de artes marciais e de lutas, além de ser, também, importante instrumento de inclusão social”, argumenta o deputado.

Por outro lado, a prática e o ensino inadequados dessas atividades podem levar a lesões físicas ou mesmo à deformação do caráter de seus praticantes, ao invés de edificá-los. Além disso, o treinamento desportivo de alto nível precisa ser planejado e realizado de acordo com as informações científicas mais atualizadas”, conclui.

Tramitação:

O projeto tramita apensado ao Projeto de Lei 2889/08, que cria os conselhos federal e regionais de profissionais de artes marciais. As propostas serão analisadas, em caráter conclusivo, pelas comissões de Turismo e Desporto; de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da Proposta:

PL-7890/2010

 

Colaboração: Agência Câmara de Notícias – www2.camara.gov.br/agencia


Mais Notícias do Projeto Aikidô…

21/06/2010

 

…desta vez foi no Blog do Jornalista Roberto Guedes no site No Minuto – www.nominuto.com . Segue o texto:

Aikidô 

Com um projeto que associa a luta aikidô ao combate à violência, uma escola pública de Natal, a São Francisco de Assis, situada no bairro de Nazaré, representa o Rio Grande do Norte na primeira “Mostra Nacional”, integrante do programa “Saúde na Escola”, e da quarta “Mostra Nacional de Saúde e Prevenção nas Escolas”, que teve início ontem e será encerrado nesta terça-feira 15, hoje, em Brasília.”

Veja a notícia no link abaixo:

http://www.nominuto.com/blog/roberto-guedes/

Colaboração: www.impressione.wordpress.com


Fotos do Projeto Aikidô da E.M. São Francisco de Assis – Natal/RN

31/05/2010

A pedidos, segue link para as fotos do Projeto Aikidô da Escola Municipal São Francisco de Assis, Nazaré, Natal/RN.

http://www.flickr.com/photos/projetoaikidoemsfa/

 

Colaboração: www.impressione.wordpress.com


%d blogueiros gostam disto: